segunda-feira, 15 de junho de 2009

Voltei, um pouco devagar, mas estou de volta!

Queridas amigas e amigos,

Peço desculpas por essa ausência tão longa e por não ter informado com antecedência sobre a cirurgia. Maio foi um mês corrido, de muitos exames, muitos médicos, muitas providências a tomar. E pouca vontade de escrever. A cirurgia aconteceu no dia 28 de maio, retiraram-me os linfonodos da pelve (dos dois lados), os retroperitoniais e a vesícula. Ao entrar no centro cirúrgico, após me despedir do meu B e de seu pai, pensei estar num parque de diversões tal era a animação e movimentação das pessoas. Conversei com a anestesista, contei-lhe sobre o edema de glote que fiz com lidocaína, das dificuldades que tive após a primeira cirurgia, da sonda nasogástrica que precisei usar e quando estava quase adormecendo vi aquele homem enorme, sorrindo e falando "olá, querida", o meu médico. Um deus ultra competente, segundo as informações que tive.

Quando acordei, a primeira coisa que vi foi um relógio redondo, de parede. Marcava meio dia e quarenta minutos. A cirurgia deve ter consumido entre três e quatro horas. Às quatro e meia voltei para a enfermaria e meu B estava lá. Como da primeira vez, o pós operatório foi difícil. Fiquei muito agitada (creio que devido a anestesia)e no domingo comecei a acumular líquidos no abdômem. À noite, a enfermeira veio tentar passar uma sonda nasogástrica acompanhada de um tubo enooooooooooooooorme de LIDOCAÍNA! A infeliz simplesmente não leu meu prontuário. Não sei como consegui manter a calma e disse-lhe que não usaria sonda nenhuma. Ela ainda insistiu, dizendo que usaria óleo mineral. Resisti. E fiz um esforço mental imenso para fazer meu corpo reagir e eliminar o que lhe fazia mal. O dedo na garganta funcionou. Comecei a melhorar e pude dormir. Na segunda-feira, dia 1/06, disse ao médico assistente que iria embora, nem que tivesse de assinar o termo de responsabilidade. No fim da tarde, voltei pra casa.

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) tem os médicos mais competentes, os mais modernos equipamentos de exame, as drogas mais eficientes e atuais, uma equipe de quimioterapia fantástica, uma equipe ambulatorial de excelente qualidade (nutrição, fisioterapia, psicologia etc), uma turminha de apoio pra lá de simpática (Gisele, Michele, Márcio), mas o seu sistema hospitalar precisa melhorar muito. Os quartos são pequenos, o espaço entre as camas é exíguo e o atendimento é mecânico. Fulano é responsável por isso, o outro, por aquilo, cada um no seu quadrado. Falta humanização à equipe de enfermagem. Senti-me muito mal cuidada, entregue à minha própria sorte, em algumas ocasiões, abandonada.

De volta à casa, a primeira semana foi péssima. Enjoos, vômitos, diarreia, dores, dormência e inchaço nas coxas, dificuldade para caminhar. Um corpo extremamente debilitado, ainda que a cabeça tentasse manter tudo sob controle. Pedi colinho e fui pra casa da mamãe. Num lugar tranquilo e bucólico, com sopinhas e comidinhas, pude, enfim, me sentir mais forte. Minha mãe é uma mulher de fibra, há 16 anos teve câncer de mama, venceu e hoje, aos quase 77 anos, vive bem, sozinha, numa casa que parece casa de boneca. Foi muito bom estar lá. Obrigada, mãe! Que você tenha muitos anos de vida saudável.

Miinha mãe, dois de seus quatro netos e duas filhas (ao todo são 3)


Não é bem bucólico o lugar onde ela mora?



No dia 12, retirei os pontos e fui examinada pelo médico. As coxas continuam estranhas, dormentes e um pouco inchadas. Fiz um doppler para eliminar a suspeita de trombose (o resultado foi negativo, mas não me deram explicação para a espécie de íngua que tenho na perna direita), ainda devo manter uma dieta totalmente sem gordura, nada de esforço físico, pouquíssimas saídas à rua. O ânimo está bem melhor, mas o passo ainda é muito lento. Amanhã vou à fisioterapia, quem sabe ela consegue me dizer o que há de errado com as minhas pernas. Porque até agora, quem me tem socorrido é a minha homeopata, Dra Márcia Soares, que sempre muito atenciosa me ouve e cuida. Obrigada, Márcia! Muita luz pra você.

Obrigada às amigas e amigos que me visitaram (lindo o presente que vc me deu, Lurdes!), telefonaram, enviaram mails e deixaram mensagens aqui no blog e no orkut. A energia de vocês muito me tem confortado.

Um beijo para as minhas irmãs. Obrigada, Luiz, pelas comidinhas, ainda que com pouco sal. (rsrs)

33 comentários:

Cinda disse...

Que bom ter notícias. Eatávamos todas muito preocupadas porque não havia notícias, nem como te contactar.
Vais ver que tudo vai correr bem, e o tempo se encarrega de fazer as coisas avançarem.
Estou muito feliz por saber que estás rodeada de miminhos.
Aproveita com todas as forças os mimos da mãe e esse lugar é lindo para recuperar as forças. Por cá vamos estando a recuperar bem. As meninas em recuperação, estão óptimas e no próximo Domingo, se Deus quiser, estaremos todas juntas em Fátima.
Um beijo muito grande e que essa recuperação seja o mais rápido possível.

Loulou disse...

Querida May, que bom ler notícias aqui no blog.
Espero que logo logo tudo isso tenha passado.

Um grande beijo de Luanda

Lina Querubim disse...

Boa noite May
que bom que já estás melhorzinha :) as faltas de condições hospitalares acontece em muitos locais :( mas não devia né?
Que familia linda!
O seu filho é lindooooo :-p e colinho de Mãe que bom!!!!
Que a sua Mãe viva muitos anos porque eu sei a falta que a minha me fez nesta altura :(
Agora descanse e se cuide!
Beijos e uma recuperação rápida!!!

Isa disse...

ola May, obrigada pelas noticias.E desejo-te que recures o mais rápido possivel.
um beijinho grande

Simone Caputo disse...

Querida Dona da Esperança:
Muita força e energia do Cosmos estão sendo enviadas para sua cura física total!
A cabecinha é maravilhosa e cura a dos que necessitam de paz e otimismo.
E parabéns pelas fotos, estão demais!
Beijos da
Simone

Jupyra Meirelles disse...

Querida Maisa, que Deus abençôe vc e lhe dê sempre muita coragem e força para vencer as adversidades da vida. Bjus e adorei o blog, parabéns!!

de Bizet disse...

Olá Maisa, que bom ter notícias suas.

Aproveite esse lugar lindo, o miminho da sua mamã, para aos poucos se ir recompondo.

Devagarinho vai lá e nós por aqui ajudamos rezando.

Um abraço grande e muita força.

Anônimo disse...

impressionante como deus dá o frio conforme o cobertor. mulher forte vc! um beijo! marcia

Iolanda disse...

Oi, Maísa,

Que bom ter notícias suas! Você passou por maus pedaços, amiga, mas tenho certeza de que logo tudo estará bem novamente. Gostei de ver o lugar lindo onde usa mamãe mora e saber que você agora está melhor. Você é muito corajosa e muito lúcida.
Você sabia que estou fazendo GLP em seu lugar? Espero que volte logo e com muito prazer devolverei o lugar que é seu. Mas por enquanto aproveite o tempo para se cuidar muito, se embelezar e se divertir também.
Um grande abraço pra você e cuide-se muito bem.

Paulo Jardim disse...

Maisa,
além de bonita, inteligente, corajosa, voce possui um bom humor que me fascina; não direi que te invejo, até porque estaria faltando à verdade, a palavra correta é "admiro"!
Eu, um cara preguiçoso, que desanima de cumprir a missão combinada com Papai Noel e levar-lhe o CD com o "Aranjuez", conforme o prometido, ou porque chove, ou faz calor, ou esfriou um pouquinho, ou pelo computador ter quebrado, até porque, e é vero!, levei um tombo e quebrei o ombro ( não preocupa, hoje faz 147 dias, já estou bom e bem; quando leio seus acontecidos, só posso ficar matutando, que pessoa admirável...
Obrigado por voce existir e, resistir. Voce é um exemplo.
Breve, vou visitá-la, antes telefono. Estou em Minas, mas amanhã de manhãnsinha estou de regresso ao Rio. E muito feliz com sua recuperação! Obrigado,Pessoa!

Anônimo disse...

Querida,
Daqui de longe, estou torcendo por voce o tempo todo.
Qdo. chegar ao Rio vamos nos enocontrar , falar das novidades e botar a bola pra frente. O pior esta passando....
Bj,
Eliene

Gatapininha disse...

Olá Maysa
Que bom que já vai tudo sobre rodas:)
Miminhos de mãe é meio caminho andado para ficar boa, aproveita!
Beijoka muito grande e uma rápida recuperação.
Sandra

Nela disse...

Maysa, que bom ter notícias!!! Puxa, menina, não nos deixes assim sem saber nada, por favor...

Eu tirei os linfonodos do braço e tem partes que ainda estão um pouco dormentes (faz 3 anos e meio). A dormência vai passando com o tempo, mas demora. demora muito. Todos os cuidados que tenho com o braço, terás que ter com as pernas. Pesquisa coisas na net sobre linfedema. Nada de sol, esforços grandes, muito tempo em pé. Tenta sentar com as pernas mais altas, fazer massagem ligeira de baixo para cima, muita atenção à depilação, nada de cortes, puxões e cremes agressivos. passa a ser pele e perna de princezinha.

Um beijinho e tudo a recompor-se.

Isa disse...

Que bom a Maisa está de volta!
Ficámos muito tempo sem saber nada de ti, mas não deixámos de pensar em ti, de rezar por ti e de te enviar energias positivas.
Agora vamos à recuperação total, mas com uns caldinhos da mãe e com esse colinho que apetece em qualquer idade, tudo vai ficar bem!
Beijinhos de luz e continuação das melhoras.
Isabel Alegria

Anônimo disse...

Olá, daqui destas ilhas dos Açores mando o meu abraço, (ilha Terceira)espero que a recuperação esteja correndo bem. Força! ARTESÃ

IsaLenca disse...

Um pouco devagar mas devolta...pra levar a bola pra quebrar!! Vocês têm uma expressão mais ou menos assim e acho que diz tudo.
Continua a juntar a calma, adicionada de companhia gostosa, de miminhos aos montes, de petiscos com sal que baste, tudo misturadinho num local verdejante como esse...é a receita para uma boa recuperação. E ao longe, do outro lado do mar, todas as amigas a torcer e a enviar sempre pensamentos bem positivos e cheios de força!!
Bjs grandes.

Quem Não Tem Cão disse...

Bjo.
RG

Sheila Suzano disse...

Querida Maisa
Neste link do youtube tem o concerto de Aranjuez com Paco de Lucia.
http://www.youtube.com/watch?v=LxpRVbhWlLI&feature=related
Ele está dividido em 3 partes.
Torçemos por você.
Muito amor, força e saúde.
Um grande abraço
Sheila Suzano e amigos do CEAM.

Anônimo disse...

Olá Linda Maya, ainda bem que vem dar noticías, o pessoal cá deste lado, ja estava a ficar de cabelos brancos.
Descansa bastante, para a recuperação ser rapida.
Deste lado do Oceano já sabe que estamos torcendo por si.
Beijos Muito grandes
Vanda

Mimas disse...

May, que bom receber notícias tuas! O sítio onde a tua mãe vive é encantador, lindo, deve ser mesmo meio caminho para te restabeleceres.

E a propósito de lindo, hummm...porque é que nunca nos tinhas apresentado o teu filho, heim? Ai, ai, e o primo também, já agora, hum?! Bem, bem,...até me faltam adjectivos!

Minha querida, tudo a correr pelo melhor contigo, nós já sabes que andamos sempre por aqui, é só chamar!

Beijinhos

Cristina J. disse...

Olá May!
Que bom dares noticias... já estávamos em vias de voar até ao Rio para saber de ti.

Estas situações requerem sempre tempo, e tu sabes que tens que ter paciência, não é?
Com o colinho da mãe (linda a tua mãe!) e esse verde imenso (local paradisiaco!) vais ficar bem.
Um beijo enorme de carinho e força.

Já agora... a Mimas, ai a menina Mimas!
Imagine-se, vem para te desejar as melhoras e deita o olho ao filhote e sobrinho. (mas lá que tem razão, lá isso tem, eheheheh).

Bjos de melhoras e muito colinho deste lado do oceano.

Nela disse...

Oh pá, anda mesmo distraída! Nem fiz comentário acerca dos moçoilos, que são tal e qual como a Mimas referiu...! E mais ainda, já viram a fatiota da Maysa? Toda Rosa e Esperança...!
Maravilha!

Alda disse...

Olá Maisa,
Que ter notícias tuas, andávamos todas a perguntar umas às outras se havia notícias tuas!!!
Devagar se vai ao longe, cuida-te bem!
Tens uma família linda, mas o filho e sobrinho são cá uns borrachos...

As melhoras
Beijinhos

de Bizet disse...

Sugiro-vos o post de 12 de Maio de 2008 - Dia das Mães.
Vejam como a May e o filho são lindos.
Quem tem olho, quem tem?

As melhoras Maísa e um forte abraço.
Carmen.

Madalena disse...

Aprende-se muita coragem nestes blogs. E eu preciso de aprender com estas "meninas" que sabem correr com os papões a pontapé. Beijinhos, May!

Fernanda Santis disse...

Oi Maisa, quanta força e fibra. Filha de peixe peixinho é. Parabéns pela garra que tem tido. Assim que melhorar vamos a outro show para dançar bastante. Sei que será logo logo. Luz e paz, continuo enviando Magnified Healing para você e breve sei que estará ótima. Namastê.

Gigi disse...

Maisa,

folgo em saber que está a recuperar, sentimos bastante sua ausência.

sabe que deste lado do oceano, estamos todas torcendo por você.

Beijocas.

Natty disse...

Pois!!! May, espero que estejas a recuparar bem, são coisa muito delicadas e que levam o seu tempo na cicatrização dos tecidos, mas com a Graça de Deus, com os miminhos do filhote, da Mamãe e dos amigos tudo vai voltar ao normal e claro, o tempo também cura, temos de ter e continuar com muita Fé e ajudar com o nosso próprio PODER que faz MILAGRES... ACREDITA.
May, tens uma familia muito LINDA, que DEUS a ABENÇOE e lhe dê muita SAUDE.
Desejo-te do Coração a tua rápida recuperação e que Deus esteja sempre contigo.
XI-CORAÇÃO CHEIO DE LUZ E TAMBÉM PARA TODA A FAMÍLIA.
Natty

CrisVIC disse...

Boas notícias May, agora é só ter um pouco de paciência para recuperar. Siga os conselhos da Nela, que é uma idosa sábia.
Ainda bem que a Mimas chamou a atenção para os meninos. Eu nem tinha reparado ...

Beijão

Lina Querubim disse...

May :)
Passei para lhe desejar as melhoras, uma óptima recuperação, aproveite todos os miminhos e passe um bom fim de semana!
Nada de abusar :p comporte-se!
Beijokas

Virginia disse...

Oi Maisa!!!
Que bom saber de vc...mais guerreira do que nunca!!!...estou com saudade e sempre de olho em vc, mesmo que seja de longe..Andei sumida...tempos meio difíceis...perdi meu pai(meu PITO)em março...deixou um vazio!!!...De lá pra cá tenho corrido muito com inventário, etc para organizar a vidinha da minha mãe...e seguindo em frente...conforme seu exemplo...bjão.Virginia

Lina Querubim disse...

Boa noite
Olá May espero que esteja a recuperar bem :) vim deixar uma beijoka e que tudo corra bem!!!
Porte-se bem nada de abusos!!!
Boa semana

de Bizet disse...

Olá May,
as melhoras e uma boa recuperação, devagarinho chega-se lá.
Um xi.
Carmen.